quinta-feira, 9 de agosto de 2012

POUSO ALEGRE/MG - A Polícia Civil de Pouso Alegre (MG) prendeu na noite desta quarta-feira (8) dois suspeitos da morte de um operador de máquinas de 39 anos em janeiro deste ano



Mulher e amante são presos suspeitos de morte de operário

Crime aconteceu em janeiro deste ano em Pouso Alegre.
Segundo polícia, mulher tinha relacionamento com suspeito do crime.


Do G1 Sul de Minas

A Polícia Civil de Pouso Alegre (MG) prendeu na noite desta quarta-feira (8) dois suspeitos da morte de um operador de máquinas de 39 anos em janeiro deste ano. O homem foi morto com uma pancada na cabeça. Segundo a polícia, a mulher da vítima, que também foi presa, tinha um relacionamento com o principal suspeito do crime, que confessou o crime.
Ainda de acordo com a polícia, o suspeito confessou que na verdade atirou na cabeça da vítima e jogou a arma do crime em um rio. As prisões temporárias dele e da viúva do operador de máquinas valem por 30 dias, mas o delegado vai pedir que sejam decretadas as prisões preventivas. Na próxima semana deve ser feita a exumação do corpo da vítima.
Os presos foram levados para o Presídio de Pouso Alegre.
O crime
Segundo a Polícia Civil, o corpo do homem foi encontrado por amigos em um matagal, próximo ao bairro Faisqueira. Um dia antes de ser encontrado, parentes já haviam registrado um boletim de ocorrência do desaparecimento dele. A vítima morava no bairro e trabalhava em uma pedreira próximo ao local. A filha da vítima disse que o pai desapareceu depois de atender um homem que o chamou no portão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário